song of songs

Teresa, não sei porque o disseste
como tiveste coragem de contar
a tua transverberação
– ato de loucura –

uma seta que entra e sai
uma ponta que é uma chama
tens a alma satisfeita
como podes assegurar que foi Deus?

– só posso pensar que estás mentindo –

nem Salomão se atreveu
o sábio dos sábios
no seu cântico superlativo

os teus lábios são de mármore
são como um fio escarlate
o teu pescoço uma torre
os teus seios dois gamos

e esse anjo caído
delirando com a tua dor

abre-te mil vezes o coração
com a lança e antes que te mate
sobre o teu êxtase jura

que é amor.

[ ~ 25. out. 2018. ~ ]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s