ungido

no dia mais feliz da sua vida

foi o dia que escolheu
rasgar o céu para poder
espreitar o paraíso

transformar a clareza
da superfície num véu
ligeiramente descontente

sem amarras portanto
que anjos e ouro
dois grilhões e os demais

acreditou

numa mão
[queria que fosse verdade]
na outra jamais

podia ter sido
maior que a eternidade
que a extensão do mundo

no dia mais feliz da sua vida

desprendido do amor

prometeu

beijar o ódio
com toda a sua força

nunca adormecer

nunca acordar.

[ ~ 18. out. 2018. ~ ]

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s