a terceira visão

suponhamos uma convergência para um terceiro olho, um olho sem terminações nervosas, retina, íris, um olho não aquoso ligado diretamente à alma, quer acreditemos ou não na alma, no espírito, numa qualquer metafísica da existência humana.

e esse olho imagino-o como o orifício da câmara escura. sim, dentro dessa câmara penumbrosa formam-se imagens inevitavelmente invertidas de um mundo que está do lado de fora, projeções impalpáveis que não podem ser mais incompreensíveis.

eis a evidência de não existir mais luz. assombra-nos a noite dos tempos, não temos noção de quão longe progredimos no caminho. o futuro resume-se a esperança e terror e o que passou esfuma-se como o sonho de que já não nos lembramos ao acordar.

[ ~ 10 mar. 2018 ~ ]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s